Contos

Palhaços, Colombinas e Piratas

Era fim de tarde daquele domingo de carnaval de 1970. A mãe passara o dia cantando antigas marchinhas, debruçada sobre sua máquina de costura. Por fim parou o trabalho e disse para as duas crianças mais velhas de um total de seis: – Vão tomar banho e se arrumar que iremos ver o desfile das […]

Posted in contos | Leave a comment

O Anjo que Apareceu do Nada

Os pingos da chuva açoitavam a lona da barraca em ritmo incansável. A luminosidade opaca do dia pouco permitia ver o que acontecia do lado de fora. Eliseu consultou seu velho relógio digital. Passava das sete horas. Acabara o descanso. Ainda dentro da barraca, enrolou suas cobertas e as acondicionou em sacos plásticos, depois saiu […]

Posted in contos | Leave a comment

O ano surge da boca do mar

Não se lembrava há quanto tempo tinha esse ritual incorporado ao seu novo ano. O fato é que ele existia por si só e isso, mais do que uma obrigação ou um dever, tinha se tornado para ela um prazer. O que lhe daria tanta alegria quanto estar ali, naquele momento, celebrando seu reencontro com […]

Posted in contos | Leave a comment

Nada a Fazer

Os pingos da chuva açoitavam a lona da barraca em ritmo incansável. A luminosidade opaca do dia pouco permitia ver o que acontecia do lado de fora. Eliseu consultou seu velho relógio digital. Passava das sete horas. Acabara o descanso. Ainda dentro da barraca, enrolou suas cobertas e as acondicionou em sacos plásticos, depois saiu […]

Posted in contos | Leave a comment

Barriga Seca

UM levantou o nariz. No corredor escuro, úmido e frio trafegava uma brisa que lhe arrepiava os pelos do nariz. Ele aspirou o cheiro de carne fresca. Seus pulmões se encheram daquele odor que iria saciar sua fome. Assim que teve a certeza de onde vinha o cheiro inebriante, saiu em disparada pelo corredor pouco […]

Posted in contos | 1 Comment